A Câmara Municipal de Lisboa está a expandir a rede de ciclovias para fazer face ao desafio COVID-19 e conta com segregadores Zipper

A Noruega conta com mais um trilho de BTT equipado com um UrbanFix
24 Junho, 2020

A Câmara Municipal de Lisboa está a expandir a rede de ciclovias para fazer face ao desafio COVID-19 com o apoio da Biciway

A Câmara Municipal de Lisboa está a realizar uma ciclovia bidirecional ‘pop up’ na Alameda dos Oceanos norte (Freguesia do Parque das Nações), que será integrada na rede cicloviária da cidade de Lisboa. As ciclovias pop-up são ciclovias que surgem em resposta à pandemia COVID-19, criando, de forma expedita, uma rede cicloviária estruturante que abrange os eixos centrais de circulação e interliga os principais centros de trabalho, estudo e residência.

A intervenção, a cargo da EMEL (Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa), com uma duração prevista de 6 semanas, vai permitir uma ligação em ciclo contínuo entre o Sul e o Norte da freguesia do Parque das Nações e criar uma nova ligação intermunicipal com o concelho de Loures. Fará parte do eixo estruturante ribeirinho, que liga Sacavém a Algés de forma contínua.

A Alameda dos Oceanos (norte) apesar do seu carácter local, é frequentemente utilizada como via alternativa de passagem para a Avenida Dom João II por quem entra em Lisboa pelo IC2 em direcção ao centro, o que provoca um congestionamento que impede a saída normal dos residentes do bairro. Por outro lado, o perfil rodoviário existente, com duas faixas largas em cada sentido, aumenta as velocidades excessivas, o que muito contribui para a ocorrência de acidentes rodoviários nesse eixo.

A implantação da ciclovia bidirecional será realizada através da conversão de uma estrada, junto ao separador central. O percurso fará o sentido norte entre a Rotunda dos Vice-Reis e a Rotunda das Oliveiras e para o sul entre a Rotunda das Oliveiras e a Rotunda da República da Colômbia. Desta forma, será possível reduzir o tráfego que atravessa o interior da freguesia, à entrada de Lisboa pelo IC2, bem como contribuir para a redução da velocidade de circulação pelo estreitamento do canal.

Conforme proposto pela Junta de Freguesia do Parque das Nações, as acessibilidades locais na freguesia serão melhoradas com a alteração da Alameda dos Oceanos, entre a Rotunda dos Vice-Reis e a Rotunda República da Argentina, permitindo a continuidade do percurso, mantendo a possibilidade de corte de passagem neste troço ao fim-de-semana, de forma a proporcionar maior fluidez de mobilidade interna à freguesia.

A nova ciclovia “pop up” dará, assim, mais segurança à Alameda dos Oceanos para todos os usuários da via, pedestres, ciclistas e motoristas, com a redistribuição do espaço disponível. Irá também facilitar a acessibilidade dos residentes da zona norte da freguesia aos transportes públicos pesados, nomeadamente ao metro e às estações de comboio. Irá também ligar vários estabelecimentos de ensino existentes na Freguesia.

O Zipper ® A | Módulos zero pintados em verde e branco separam a nova ciclovia e protegem os ciclistas dos veículos motorizados.

Os comentários estão fechados.